quarta-feira, 11 de maio de 2011

PISO SALARIAL DOS ENGENHEIROS AGRÔNOMOS

Falar sobre a importância dos engenheiros agrônomos é chover no molhado. 
Lembro-me de um professor da antiga ESAM que comparava nossa profissão com a do médico e dizia assim "o erro do médico a terra esconde, o erro do agrônomo a terra mostra".  Na verdade a frase não tem dono, qualquer agrônomo do Brasil já ouviu essa máxima.
Pois bem, esta categoria, muitas vezes injustiçada, tem uma legislação relativamente moderna, como a Lei que reconhece a profissão, a Lei do receituário agronômico e a que quero chamar atenção aqui, Lei do piso salarial (Lei 4.950A-66) que estabelece que o salário inicial dos engenheiros agrônomos, engenheiros químicos e arquitetos não pode ser inferior a seis salários mínimos, que hoje equivale a: R$ 3.270,00.
Maiores informações a respeito, acessem o site da Associação Norteriograndense de Engenheiros Agrônomos AQUI.

45 comentários:

  1. Quero muitoo fazer agronomia,mais uma pergunta tem diferencia engenharia da agronomia com agronomia??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não existe diferença em termos de titulação, ou seja, em ambos os cursos você cola grau de Engenheiro Agrônomo. A diferença crucial está na grade curricular de cada curso e a ênfase dado pelo aluno nas áreas de interesse.

      Excluir
    2. Não existe diferença em termos de titulação, ou seja, em ambos os casos você se torna Engenheiro Agrônomo, o que muda é a grade curricular de cada curso (disciplinas que você deve ou pode cursar) e a ênfase dada pelo aluno na área de interesse.

      Excluir
    3. Na verdade existe sim diferença... Tou cursando e sei que engenharia agronomica é diferente de agronomia. pois na agronomia nao se podera executar certas funçoes como a do engenheiro.:)

      Excluir
    4. Não tem diferençã alguma, vc pode ter o titulo de Agronomo ou Engenheiro agronomo, isso é vc q escolhe...

      Excluir
    5. amigo as pessoas respondem sobre coisas que não tem o mínimo conhecimento..sou estudante de agronomia...o termo engenharia agronômica é usado pelo MEC.. não existe diferença entre uma coisa e outra..se vc fez o curso de engenharia agronômica vc é um engenheiro agrônomo,ou seja , formado em agronomia...é uma coisa só..abraços

      Excluir
    6. não tem diferença nenhuma entre Agronomia e engenharia agronomica,é a mesma coisa.

      Excluir
    7. tem diferença sim na area da agronomia voce nao estuda o tanto de calculo que o ENGENHEIRO AGRONOMO estuda pois voce podera assinar papeis de contruiçoes dentro da cidade "dependendo o tamanho e na zona rual"

      Excluir
  2. quanto tempo leva para se formar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 5 anos, é uma área incrível!

      pesquise mais a respeito em universidades de interesse...

      Excluir
  3. essa profissâo ´`e fascinante, parabens aos engenheiros agronomos!

    ResponderExcluir
  4. Sonho a muito tempo a ser engenheiro agrônomo..quais são as matéria escolar mais utilizada para se tornar agrônomo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai gostar do curso com certeza se tiver uma boa base em Biologia, Química, Física e se interessar pelas questões sociais.

      Excluir
  5. Biologia, química e matemática vai ver um pouco de física também..
    mais o curso é muito interessante sem contar a diversidade de áreas que se pode atuar !

    ResponderExcluir
  6. sou agrônomo formado desde 2009 pela UNESP Jaboticabal, e nunca tive este piso em 3 anos de pós formado, hoje aborrecido com a formação que é linda realmente, aprendi muita coisa sobre tudo, porém o mercado é foda, estou em uma segunda graduação estudando sistemas de informação pela USP.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também, quer ser Agrônomo no sudeste, quer ganhar dinheiro vem pro MT

      Excluir
    2. Olha a questão de salário muda de acordo com a região... Meu esposo é engenheiro agrônomo ( se formou em 2008 ), e quando a gente morava na região sul do Brasil ele ganhava R$ 2.500, atualmente moramos em GO, e o salário dele agora é de R$ 8.000. A regão centro-oeste é ótima para agrônomos, isso eu garanto.

      Excluir
  7. Cada caso é um caso...
    Assim como tem pessoas que formadas em Direito fazem muito sucesso... outras formadas estão trabalhando de garçons, ou outra atividade que remunere melhor.
    Depende de cada pessoa...
    O negócio é ter foco e lutar pelo seu sucesso!!! :D

    ResponderExcluir
  8. Em 2013 vou prestar Engenharia Agronômica! Um sonho que esta a um passo de se realizar ;D

    ResponderExcluir
  9. faço o p3 de engenharia mecânica, mas vou trancar e fzr agronomia que é oq sempre quis, mt massa msm e a área de trabalho e atuação é imensa!!

    ResponderExcluir
  10. Pode me dizer como é o dia-dia de um e engenheiro agrônomo. Alguma dificuldade a mais pra mulheres?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faço agronomia na FAZU em Minas e nas aulas práticas que tenho de introdução a agronomia, posso te garantir que não tem diferença de um agrônomo para uma agrônoma, o serviço é o mesmo. É um trabalho mais pesado não é pra garotas que são muito delicadas e nem que tenham muita frescura por que você meche com terra literalmente põe a mão da terra e fica suja mesmo rsrs mas o curso é maravilhoso estou amando mesmo não curtindo muito matemática.

      Excluir
    2. gente há um pensamento que estudante de agronomia faz trabalhos pesados ou algo desse tipo, que essa não é uma profissão pra mulheres e isso é totalmente errado, sou mulher e faço agronomia, na minha turma a grande maioria são mulheres e delicadas por sinal,mexemos sim na terra nas plantas e animais, dirijo trator e muito mais, mas fazemos isso pq achamos que a prática é o melhor caminho para o aprendizado, realmente tem duas ou três meninas que não praticam, mas isso é uma opção delas nós que praticamos sabemos o quanto estamos acrescentando em nosso conhecimento, até mesmo os professores já nos olham com outros olhos eles sabem que estamos prontas para qualquer coisa, já somos indicadas para bolsas de pesquisas para estágios, pois quando você quer crescer apenas você é o responsável por isso, assim como qualquer outra profissão é preciso esforço.

      Excluir
  11. engenheiro agrônomo tem que pegar peso alguma coisa assim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nada, um agrônomo usa mais é laboratório e poucas vezes vai no campo e quando vai no campo não pega peso nenhum é mais observar o plantio.

      Excluir
  12. No passado recente a profissão de eng. agrônomo era quase exclusivamente masculina, mas essa realidade tem mudado pelo menos nos últimos 20 anos.
    Se for ver a estatística nas universidades verá que em alguns casos, os egressos são quase 50% mulheres. Varia de lugar para lugar.
    Não há entre as atividades ações que exijam força física. Contudo, dependendo da área de atuação, uma certa capacidade de resistência é necessária, sobretudo para agrônomos(as) de campo. Nada que uma mulher não possa exercer com a mesma precisão.

    ResponderExcluir
  13. Olá estou graduando em agronomia...e confesso é um curso que diante de suas diversidades de atuação e o foco do mundo....Sabia que é um emoção saber que o engenheiro agrônomo é responsável pela produção de alimentos no Brasil ou qualquer outro país?Isso me motiva dia a ápos dia lutar e ir até o fim...Não desista vc também que quer esse profissão!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em Portugal é uma das profissões mais requisitadas. Aqui no Brasil temos muito o que evoluir ainda. Apesar de sermos uma economia predominantemente agrícola, acredito que a função social do Engenheiro Agrônomo ainda está em processo de "maturação". O bom é que não há grandes dificuldades ao se estabelecer em qualquer país do mundo e creio que seja muito agradável exercer essa profissão.

      Excluir
  14. Esse se Deus quiser começo meu curso de Engenharia Agronoma, sou apoixonada pela terra e pelo curso!! LARA (:

    ResponderExcluir
  15. Tenho orgulho de fazer parte desse " time ", uma profissão maravilhosa, estudo na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia no 6º semestre, quem tem duvidas venha estudar aqui, o curso é perfeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ultimamente tenho pensado em trocar direito por agronomia, mais tenho medo de não gostar, ou de não ser uma boa profissional. sinceramente não sei o que fazer!=\

      Excluir
    2. nunca troque direito por outro curso. Praticamente, todos os concursos tem vagas pra direito, os salários são os melhores.

      Excluir
  16. Boa Noite,

    Tenho dúvidas sobre que curso estudar e não sei com quem tirar, então pensei em tirar com vocês se for possível.

    Gostaria de saber;
    Qual a diferença entre os cursos de agronomia, agronegócio e zootecnia.?
    E se eu fizer um desses cursos, posso me especializar em outro e vice-versa ?
    Qual tipo de especialização para cada?
    Aguardo retorno, por favor!!
    Obrigada

    Nanda Artaff

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, são três cursos diferentes, mas que estão bem integrados. A graduação, hoje em dia, é apenas a primeira etapa na vida acadêmica. Existem vários tipos de especialização que irão enriquecer o teu currículo. As áreas estão cada vez mais relacionadas entre si. É cada vez mais comum vermos profissionais com graduações distintas exercendo a mesma função. Dentre esses três que você citou, o mais abrangente é agronomia. Você pode cursar agronomia e fazer mestrado/doutorado em agronegócio, fitogenética, zootecnia, economia agrícola, hidrologia, engenharia ambiental, dentre outras. Após a graduação você terá uma visão mais sistematizada da área e poderá optar por uma destas especificidades. A idéia é ter uma visão ampla da área, mas ser o mais específico possível na atuação.

      Excluir
  17. Que as mulheres estão cada vez mais ingressando na faculdade de agronomia, isso é verdade...
    Mas existe preconceito sim! O que resta pra grande maioria depois de formada é ir para área de pesquisa, porque numa vaga de agrônomo mesmo você chega a escutar: "Sim, estamos contratando, mas tem que ser homem!"
    A profissão é maravilhosa, mas isso tem que ser levado em consideração, pois é frustrante levar um não por um motivo desse, e acabar trabalhando de garçonete ou coisa parecida pra pagar as contas...

    ResponderExcluir
  18. No ensino médio eu sonhava estudar Jornalismo, mas como não tinha o curso na minha cidade, optei por Agronomia na UFRA e não me arrependo. O curso é lindo mesmo e bem remunerado aqui no Pará. Tenho orgulho de fazer parte de algo realmente importante. Rs

    ResponderExcluir
  19. olá, sou téc. agricola recém-formada, ano q vem quero começar a fazer agronomia. adooro muito esta area. mais tenho medo de ñ ter mercado de trabalho pra mim, pois tem muito preconceito com mulheres nessa area.

    ResponderExcluir
  20. Pelo amor de deus , dentro da agronomia existe a ENGENHARIA RURAL , que da o titulo de engenheiro , então eng. agronomica ou agronomia é a mesma coisa.. eu faço agronomia da UFPEL

    ResponderExcluir
  21. Um Engenheiro Agrônomo que trabalha oito horas diárias pode receber menos que o piso de nove salários mínimos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adrireito. Suponhamos que você digitou: "Um Engenheiro Agrônomo que trabalha oito horas diárias pode receber menos que o piso de SEIS salários mínimos?" A resposta é: Apesar de haver legislação estabelecendo o piso de SEIS salários, você pode sim receber menos do que isso. Assim como eu posso ingerir dez latinhas de cerveja e sair dirigindo o meu carro tranquilamente pelas ruas sem que nada me aconteça. Estamos diante de um sistema falho, sem fiscalização eficaz. Mas eu tenho uma solução: Quando não há fiscalização competente, a sociedade pode prestar esse papel (a nossa categoria, quando unida, pode fazer valer seus direitos previstos na legislação). Mas, pelo que vejo, o que "fala mais alto" é a premissa "Se um não quer, vinte querem.". Se um não aceita assinar a carteira recebendo R$ 2 mil/mês, há uma fila disposta a se submeter a isso." Dessa forma, a lei jamais terá validade. A legislação é elaborada para a sociedade, então a sociedade tem de fazer valer. Aliás, a esfera da sociedade para a qual a lei foi destinada tem de fazer valer tal lei. Você acha que o proprietário de uma escola particular está interessado em fazer valer a lei destinada aos direitos salariais dos professores? hehehe. O objetivo das leis é manter a ordem, se não há afronta à ordem sem a ela, esta não precisa existir, podendo virar uma "lei morta", sem problemas. Ah, mas os empregadores podem muito bem contratar técnicos agrícolas para prestar o mesmo serviço de um agrônomo. Sim, podem. Mas um farmacêutico não pode exercer a função de dermatologista clínico em um hospital, né? De pra perceber a diferença? É só uma questão de função social (convenhamos: o engenheiro agrônomo precisa ser considerado, mais do que já é, um profissional essencial para a sociedade, principalmente em um país de economia predominantemente agrícola, que faz parte do bloco de países exportadores de alimentos e que "alimentará o mundo" em um futuro bem próximo). Temos muito o que evoluir em termos de legislação e, principalmente, temos que fazer valer toda e qualquer legislação que for destinada à nossa categoria. De qualquer forma, Adrireito, apesar de haver empresas que oferecem menos do que o piso salarial, temos grandes empresas que pagam muito bem. O nosso campo de atuação é vasto e o bom profissional certamente encontrará o sucesso.

      Excluir
  22. Estou cursando o terceiro ano de ensino medio q em analise, estava pretendendo fazer Agronômia... mas qual cidade q oferece mais oportunidade de emprego p essa area?

    ResponderExcluir
  23. Tenho apenas 15 anos mas estou focado no que desejo e se Deus quiser vou ser um engenheiro agrônomo. Estudo bastante pela internet e por livros. Mas na cidade onde moro é difícil ter uma profissão tão grandiosa como essa. Porque eu moro no interior de Pernambuco vou ter que ficar longe da minha família, não tenho muitas condições mas se eu pudesse iria estudar no Uruguai. Mas vou ficar pelo meu brasil mesmo. DOUGLAS

    ResponderExcluir
  24. Estou cursando o terceiro ano do ensino médio, é sempre tive vontade de prestar vestibular para agronomia, só que agora estou com muita dúvida, entre agronomia e zootecnia, sempre que eu posso eu procuro pesquisar mais sobre estes dois cursos só que a dúvida aumenta a cada dia mais... para fazer o curso de agronomia eu preciso saber muito sobre Física, Matemática é Química ? ou com o decorrer do curso eu aprendo cada vez mais ? é zootecnia ?

    ResponderExcluir
  25. Sera que quando terminar esse curso vou trabalhar ligero ou é difícil de arrumar emprego.

    ResponderExcluir
  26. Prezado Jesielyson,
    Penso que em todas as áreas existem facilidade e dificuldades para se conseguir emprego. Os bons prevalecem.
    Ok, mas não vamos nos enganar, é claro que existem áreas onde ocorre se verifica uma saturação do mercado e nesses casos os empregos são escassos e/ou os salários são baixos.
    Agronomia é uma área que existe saturação em determinadas regiões e escassez em outras.
    São muitas variáveis: demanda local - área de especialidade - disponibilidade para trabalhar longe de casa, etc.
    Se tens vocação e dedicação, encontrarás trabalho. Boa sorte.

    ResponderExcluir